Projeto estimula troca de saberes entre jovens do socioeducativo de Rondonópolis

Foto por: Case

A partilha do conhecimento é a tônica de um projeto que está sendo desenvolvido com os jovens que cumprem medida socioeducativa no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Rondonópolis. O projeto “Compartilhando experiências”, que teve sua primeira etapa nesta semana, reuniu 15 adolescentes que aprenderam técnicas de panificação.

Quem ministra o curso é um dos jovens, daí o nome “compartilhando experiências”. “Um desses adolescentes já tinha conhecimento em panificação porque já trabalhou com isso, então pensamos na possibilidade do próprio jovem, que cumpre medida socioeducativa, ensinar um ofício para os demais”, contou Robson Machado, gerente da unidade.

Nos primeiros dias de curso, os adolescentes se dividiram em equipes e assim aprenderam todas as etapas da confecção de pães. Os ingredientes foram doados pelo setor de produção da Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa (Mata Grande). Os pães produzidos pelos jovens serão consumidos pelos próprios, ao longo dos dias.

Além de ser uma atividade alternativa, os adolescentes também aprendem uma forma de gerar renda. As próximas etapas do projeto já têm um roteiro certo: os jovens aprenderão a confeccionar bolos e pizzas.

Outros projetos

O gerente da unidade acredita que iniciativas como esta auxiliam na ressocialização dos adolescentes, trazendo novas áreas de conhecimento ao projeto “Compartilhando experiências”. Outra ação também desenvolvida no local utiliza garrafas pets na confecção de camas e pufes.

“Nós temos como meta desenvolver pelo menos um projeto por mês com esses jovens, então todo parceiro para essa iniciativa será bem-vindo”, pontuou Robson.