Projeto dos aplicativos ainda sem data para entrar em votação

Lucas Perrone

Lucas Perrone

Projeto dos aplicativos ainda sem data para entrar em votação

O projeto de Lei, de autoria do Poder Executivo, que prevê a criação de uma legislação municipal, para atender a demanda do transporte via aplicativo na cidade de Rondonópolis, ainda não tem data para ser votado na Câmara de Veredores.

O presidente da Câmara de Rondonópolis, Júnior Medonça (PT), disse ao Primeira Hora que a proposta está no que ele classificou como “maturação”, Junior explicou que, antes de colocar a medida em pauta, quer tirar todas dúvidas com relação ao projeto. “Na verdade, não consenso”, disse o presidente.

Na audiência pública realizada em outubro ficou claro, que os motoristas de aplicativos não concordam com o projeto. O advogado da categoria, Odair Moura, explicou que já há uma legislação federal tratando sobe o assunto.

Os mototaxistas, liderados por João Garcia, o João Mototaxi, defende o projeto da prefeitura e cobra que a medida seja votada com urgência.

Este ano, a Câmara ainda tem mais duas sessões ordinárias para fazer, uma dia 13 e outra dia 20 de dezembro.

+ Acessados

Veja Também