Professora tem relação íntima com adolescente, enciumada após menino convidar outra jovem para ir a baile e se relaciona com outro aluno

obama diz considerar brasil um líder mundial



Uma professora admitiu acusações de relação íntima com dois alunos de 16 anos de idade.

Joy Morsi, de 40 anos, enviou textos e imagens ousadas para um aluno, e teve relação íntima com ele no porão da escola onde trabalhava.

A mulher, mãe de quatro filhos e casada, supostamente ficou com ciúmes que o adolescente escolhe outra menina para ir ao baile de formatura da instituição de ensino e então teve relação íntima com outro de seus alunos.

Morsi, de Queens, em Nova York (EUA), começou seu caso com o primeiro aluno, um jovem lutador, em junho de 2013.

Ela teria tido relações íntimas com ele por mais de um ano – apesar de seu marido ser um professor de ciências da mesma escola.

Outros estudantes ficaram sabendo do caso após os rumores se espalharem na Grover Cleveland High School, em Ridgewood.

O caso foi exposto depois que uma das amigas do adolescente contou sobre o caso a seus pais. Morsi se declarou culpado de ter relação íntima com os adolescentes durante os anos de 2013 e 2014.

Ela perdeu a licença para dar aulas e terá que participar por um ano de tratamento de saúde mental por um transtorno depressivo diagnosticado.

Ela ainda pode enfrentar dez anos em liberdade condicional ou ter que ficar até um ano atrás das grades.