Produtores de trigo do Sul terão apoio para quitar dívidas da safra atual

produtores de trigo do sul terão apoio para quitar dívidas da safra atual

Medida do governo auxiliará produtores de trigo do Sul a quitarem dívidas de custeio da safra atual. Para isso, os interessados devem procurar o Banco do Brasil e solicitar o Financiamento para Garantia de Preço ao Produtor (FGPP).

A iniciativa vale para quem tem parcelas vencidas em janeiro deste ano ou a vencer até o mês de abril. O prazo é de seis meses de pagamento e a taxa de juros de 8,75% ao ano, semelhante ao do crédito rural.

“Os produtores poderão, com a medida, estocar seu produto para comercialização em momento oportuno”, informou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller. Ele participou, nesta quarta-feira (8), de uma reunião com representantes do setor tritícola para discutir medidas de apoio ao cereal colhido na safra 2016/2017, em função das condições de comercialização do produto.

De acordo com a pasta, metade dos produtores de trigo do Rio Grande do Sul serão beneficiados, além de produtores do Paraná e de Santa Catarina.

Leilões

O representante da pasta também anunciou a liberação de mais R$ 100 milhões para a realização de leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) e de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) para o trigo. Os leilões serão feitos já na próxima semana.

O secretário de Política Agrícola pediu, ainda, a representantes do setor que encaminhem sugestões para a elaboração do novo Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018. “Solicitei que apresentem sugestões para a política do trigo, a fim de que sejam avaliadas para incluir no próximo Plano Safra”, informou Geller.