Problema na distribuição nacional prejudica vacinação contra febre amarela na cidade

admin

admin

ter um ápice de prazer por dia reduz em 22% chances de desenvolver câncer de próstata, revela estudo

Problema na distribuição nacional prejudica vacinação contra febre amarela na cidade

Por um problema nacional na produção e distribuição para os estados da vacina contra a febre amarela, o Município somente conta com algumas doses nos Centros de Saúde. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o Ministério da Saúde emitiu uma nota explicando que a vacina contra a febre amarela foi importada, mas ainda aguarda liberação para ser distribuída para os estados.

Segundo a enfermeira técnica de Agravos da Vigilância Epidemiológica, Angélica Fátima Bonatti, a vacina contra a febre amarela é geralmente procurada por adultos porque deve ser tomada a cada 10 anos, especialmente aqueles que pretendem viajar, e para crianças de nove meses.

Contudo, Angélica explica que ainda não há prazo para a regularização da situação, pois esta depende do Governo Federal, que informa que a vacina está na alfândega aguardando a liberação da Agência Nacional da Vigilância Sanitária – Anvisa.

Antes de chegar ao Município, as vacinas ainda serão distribuídas para o Estado, que repassará então para as Secretarias Municipais.

Algumas unidades de Saúde ainda dispõem de doses e os interessados devem entrar em contato no Departamento de Vigilância Epidemiológica, pelo telefone 3410 0282, para se certificar em qual unidade tem vacina à disposição.

Destaques

Veja Também