Primeira Hora mostra dez curiosidades sobre o União nestes 47 anos de história

Primeira Hora mostra dez curiosidades sobre o União nestes 47 anos de história

O site Primeira Hora selecionou dez curiosidades sobre o União Esporte Clube, tradicional clube do interior de Mato Grosso, que neste sábado comemorou 47 anos de história.

1- O Estatuto do União é uma cópia do Dom Bosco da Capital, e pouca gente sabe, mas além do vermelho e branco, o azul está entre as cores oficiais do clube, justamente por isso. Inclusive na década de 90, o União jogou uma partida com a camisa azul.

 

 

2- O União sempre apostou na superstição para ganhar campeonatos na fase de Jejum, e a maior delas partiu do ex-presidente José Ferreira Lemos Neto, o Juca Lemos, que contratou o talismã da Fiel torcida corintiana para vestir a camisa do União, Tupãzinho. A aposta não deu certo, pois mesmo com o Talismã o União não conquistou nada naquela temporada.

 

 

3- Campeões do Mundo e craques com passagem pela seleção brasileira já passaram pelo Colorado. Um exemplo foi Elivelton, campeão do Mundo pelo São Paulo e da Libertadores pelo mesmo São Paulo e Cruzeiro.

 

 

 

diretoria do sinop confirma marcos birigui como treinador em 20164- Um dos maiores sonhos do técnico Marcos Birigui era ser campeão pelo União, teve duas oportunidades para isso em 2008 e amargou o vice do Estadual e da Copa Governador daquele ano.

 

 

 

 

5- Diogo Galvão, o Diogol, nunca foi campeão estadual com a camisa do União, mas foi artilheiro do estadual vestindo a camisa do União em três oportunidades 2003, 2004 e 2008.

 

 

 

 gilson lira morre na santa casa de rondonópolis

6- Gilson Lira é outro grande jogador que jamais foi campeão estadual  pelo União, mas somou 199 gols com a camisa da equipe.

 

 

 

7- Luiz Carlos, o Pindu, veio do Mixto, na década de 70, defender o União e no Colorado fez de tudo foi massagista, técnico, preparador físico e diretor de futebol. Como jogador também foi polivalente, e jogou em todas as posições, inclusive atuou como goleiro em um jogo em Barra do Garças.

 

 

8- A Lavadeira do União é  uma história que para muitos é folclore e para outros realmente ocorreu, quebrou barreiras e foi destaque nos programa esportivos da Rede Record e Globo, na esfera nacional e para muitos ela virou mascote do clube. Para quem não sabe reza a lenda que uma lavadeira havia ficado sem receber uma premiação e teria rogado uma praga que enquanto ela não recebesse o time jamais seria campeão. A praga acabou com o título de 2010.

 

 

9- Valdir Papel jogou pouco para o União, mas mora no coração da torcida pelos gols decisivos marcados no estadual de 2010, quando o Glorioso foi campeão e ele marcou o gol do título.

 

 

 

 

10- O goleiro Rafael Cordova foi o dono da camisa 1, do União no estadual de 2011, era conhecido nacionalmente por outro motivo, ele havia posado nu em uma revista famosa da década de 90.

 

 

Leia mais sobre o assunto:

União comemora 47 anos e tenta voltar ao protagonismo do futebol de Mato Grosso

Noticias Relacionadas