Preso em flagrante homem que furtou fios elétricos de posto de saúde e causou perda de vacinas em MT

Furto ocorreu no domingo, quando o suspeito furtos cabos de energia para retirar cobre

Foto: Polícia Civil

Policiais civis de Comodoro prenderam em flagrante neste domingo (11.04) um homem de 31 anos suspeito de cometer diversos furtos na cidade, um deles praticado contra uma unidade básica de saúde, quando levou cabos de cobre, o que acarretou na perda de vacinas com a falta de energia elétrica no local.

Ele furtou fios de energia que contém cobre. Na casa dele, em um loteamento da cidade, os policiais apreenderam fios de energia ainda encapados, disjuntores e as ferramentas usadas para a prática do crime.

A Delegacia de Comodoro já havia registrado diversas ocorrências de furtos, em diferentes pontos da cidade, muitos praticados da mesma forma, com subtração de  material que contém cobre.

No domingo, a equipe policial foi notificada do furto ocorrido no posto de saúde do bairro Cristo Rei e o que chamou a atenção foi exatamente o modus operandis. O suspeito levou toda a fiação que existia de conexão elétrica entre o padrão de energia e o posto de saúde. Contudo, como relataram os investigadores, o prejuízo material com a parte elétrica foi insignificante mediante a perda de medicamentos causada pela falta de energia no local.

No posto havia uma geladeira com diversos tipos de vacinas, que precisam da refrigeração para manter sua conservação. Entre os imunizantes armazenados havia doses da vacina contra a covid-19, que acabaram estragando por causa da falta da refrigeração necessária, causando prejuízos à saúde pública.

Depois de várias diligências para apurar informações, os policiais civis localizaram o suspeito, que foi detido em flagrante. Com ele foram encontrados uma quantidade expressiva de fios já desencapados e outros ainda cobertos, disjuntores e as ferramentas usadas para a prática do crime. Ele confessou outros quatro furtos, ocorridos somente entre o sábado e o domingo.

Após a lavratura do flagrante, o suspeito foi apresentado para audiência de custódia do Poder Judiciário.