Presidente da AMM destaca investimentos do Governo de MT na agricultura familiar: “dignidade para o pequeno produtor”

Presidente da AMM destaca investimentos do Governo de MT na agricultura familiar: “dignidade para o pequeno produtor”

Neurilan Fraga lembrou recorrentes atrasos nos repasses as prefeituras e afirmou que ações do Estado não alcançavam municípios menores

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, enalteceu as ações do Governo de Mato Grosso de recuperação do ‘caixa’ do Estado que permitiram a realização do maior programa de investimentos da história de Mato Grosso, o Mais MT.

Neurilan lembrou que até cerca de três anos atrás, as prefeituras enfrentavam uma grave crise de receita em função dos atrasos nos repasses do Governo do Estado e que as ações não chegavam aos municípios menores.

“Há cerca de três, quatro anos atrás nós tínhamos uma briga muito grande com o Governo do Estado, porque atrasava os repasses do ICMS, da Saúde, as prefeituras ficavam até seis meses sem receber recursos. Não existia obra do Governo de Mato Grosso sendo realizada no Estado. Eram só promessas não cumpridas. Essa gestão, em menos de três anos, recuperou as finanças do Estado e hoje nós vemos ações do Governo nos 141 municípios, em todas as áreas”, afirmou Neurilan Fraga, na última sexta-feira (08.10), durante entrega de maquinário para a agricultura familiar e a infraestrutura dos 141 municípios.

Nesta etapa, o Governo do Estado aplicou R$ 209 milhões na maior entrega de máquinas e equipamentos através das secretarias de Agricultura Familiar (Seaf-MT) e de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT).

Neurilan reforçou a necessidade de investimento no pequeno produtor e afirmou, ainda, que o maquinário vai dar dignidade a essa população que, sozinha, não tem condição de produzir sequer para consumo próprio.

“Mato Grosso hoje possui mais de 150 mil pequenos produtores, muitos deles vivendo de bolsa família, muitos deles não conseguem produzir nem pra sua subsistência, a maioria concentrados nos municípios pequenos, onde o prefeito não tem condição de fornecer uma patrulha agrícola, nem mesmo de dar assistência técnica. Então, essa ação do Governo do Estado vem justamente para possibilitar que os recursos possam chegar lá na ponta, fazendo com que nossos produtores produzam, tenham receita própria e vivam com dignidade”, finalizou Neurilan Fraga.

Noticias Relacionadas