Presidente da ALMT prestigia Encontro Brasileiro de Administração

prédio da almt vai receber iluminação diferenciada em outubro

As principais mudanças ocorridas nas organizações públicas e privadas e como lidar com os impactos gerados por elas. Esse é o tema do XXV Encontro Brasileiro de Administração (Enbra), que ocorre no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, até sexta-feira (16).

Realizado pelos Conselhos Federal e Regional de Administração, com apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e de outros parceiros, o evento conta com a participação de administradores, professores, empresários e estudantes de administração de todo o Brasil.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf, esteve presente na abertura oficial do encontro, realizada na noite desta terça-feira (15.09). Ele parabenizou os organizadores por possibilitar a troca de experiências entre profissionais de diversos estados e destacou a importância da realização de uma gestão pública responsável, que tenha como foco a eficiência na aplicação dos recursos públicos.

“É esse o princípio que adotamos na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que hoje é uma das mais modernas do país. Com a realização de uma verdadeira reengenharia financeira e modernização das ferramentas de gestão, conseguimos economizar mais de R$ 100 milhões, recursos que estão sendo investidos na melhoria de serviços prestados à população. Parte desses recursos, inclusive, foi devolvida ao Governo do Estado para aquisição de ambulâncias, que serão distribuídas aos 141 municípios mato-grossenses”, relatou.

O parlamentar também ressaltou iniciativas exitosas desenvolvidas pelo Estado, como a criação do selo “Carne de Mato Grosso”, que atesta a qualidade do produto mato-grossense, e do Fórum de Desenvolvimento do Brasil Central, cujo objetivo é fomentar o desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso e dos estados de Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Distrito Federal e Rondônia, que também compõem o grupo.

“O governo estadual tem colocado em prática diversas ações inovadoras, que são extremamente importantes para superar o atual momento de crise pelo qual estamos passando. Isso tem garantido o pagamento em dia dos salários dos servidores, ao contrário do que tem acontecido em outros estados”, observou.

O presidente do Conselho Regional de Administração de Mato Grosso (CRA-MT), Hélio Tito Simões de Arruda, afirmou que as principais mudanças registradas atualmente nas organizações brasileiras envolvem ética, comportamento e gestão, e destacou a necessidade da contratação de profissionais qualificados.

“As organizações que não se adaptam a essas mudanças estão sofrendo as consequências. Somente nos dois últimos anos, cerca de 413 mil empresas foram fechadas no Brasil por falta de administração, fora as que estão em recuperação judicial. Além disso, 260 mil vagas deixaram de ser preenchidas por não haver profissionais preparados para preenchê-las. Em Mato Grosso, a realidade não é muito diferente, por isso precisamos debater amplamente o assunto”, declarou.

Conforme o presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Sebastião Luiz de Mello, a tendência, no Brasil, é de que o amadorismo prevaleça sobre a profissionalização.

“Enquanto administradores, gostaríamos que as oportunidades que há hoje nos 5.570 municípios brasileiros fossem preenchidas por profissionais, pois só assim vemos a possibilidade de o povo brasileiro ter uma administração mais eficiente e capaz de investir melhor os recursos dos impostos pagos pelos cidadãos”, frisou.

Dados do CFA apontam que mais de 50% das empresas decretam falência nos três primeiros anos e, entre as causas, segundo Mello, está a ausência de administradores capacitados.

“Se tivermos profissionais competentes, éticos e preparados atuando nos vários pontos de estrangulamento que há no país, eu acredito que conseguiremos reverter essa situação em pouco mais de três anos”, avaliou.

Moção de Agradecimento

Durante o evento, o deputado Guilherme Maluf entregou moções de agradecimento aos seus promotores e co-promotores. Foram agraciados os administradores Sebastião Luiz de Mello, Helio Tito Simões de Arruda, Afonso Vitor Viana, Wagner Siqueira e Valter Luiz de Lemos.