Prefeitura suspende leilão de 24 lotes no antigo aeroporto; nova data será marcada

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

A Prefeitura de Rondonópolis suspendeu nesta terça-feira (25) o leilão de 24 lotes no antigo aeroporto que deveria ocorrer na quarta-feira (26). A suspensão ocorreu porque muitas pessoas estão procurando conhecer melhor o projeto do Município para a área que é a criação de um novo Centro Comercial, Empresarial e Residencial em Rondonópolis. Uma nova data ainda será marcada para o novo certame.

A justificativa é ampliar o prazo de realização do certame e dar maior divulgação ao aviso do leilão, a qual proporcionará um negócio mais vantajoso, transparente e competitivo para o município.

O espaço onde serão vendidos os lotes já conta com infraestrutura como pavimentação e rede elétrica e de água. Além disso, uma área já foi adquirida pela Unimed, onde está em construção um dos maiores e mais modernos hospitais da região Sul do Estado.

A região é considerada uma das mais nobres e estratégicas da cidade, especialmente, por estar localizada ao lado das BRs-163/364, onde será construído um viaduto de acesso ao local. Além disso, com a duplicação da BR-163, se tornará um ponto de referência para as demais cidades da região Sul.

No novo Centro, que levará o nome de José Salmen Hanze, em homenagem a um dos pioneiros da cidade que já denominava o antigo aeroporto de Rondonópolis, poderão ser construídas empresas prestadoras de serviços, empreendimentos residenciais, e demais empresariais, como centros comerciais, supermercados, entre outros.

Ao lado dos lotes que irão a leilão, a Prefeitura reservou uma área com cinco hectares para a construção de um futuro centro de eventos com teatro para a população rondonopolitana.