Prefeitura consegue manter base do INCRA em Rondonópolis

Foto: Assessoria

Uma reunião entre o Secretário Municipal de Agricultura de Rondonópolis, Genilton Pereira de Souza (representando o prefeito Zé Carlos do Pátio), o Superintendente do INCRA em Mato Grosso, Ivanildo Teixeira Thomas; o Procurador Federal José Vieira Marques Júnior; bem como representantes dos trabalhadores da região, nesta terça-feira (28) na sede do INCRA em Cuiabá, deixou acertado que a Unidade Avançada do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), permanecerá em Rondonópolis.

A informação foi repassada pelo secretário, que falou sobre o acordo conseguido, e os benefícios diretos e imediatos que a decisão irá trazer aos trabalhadores da agricultura familiar, principalmente os assentados que terão a sua disposição, a unidade do órgão, para tratar dos assuntos de seus interesses.

“Com a sede do Incra funcionando aqui, os trabalhadores da região, terão mais agilidade para tratar dos seus assuntos, sem precisar se deslocar até a capital Cuiabá. Tendo muitas vezes que gastar um dinheiro que não têm, e ainda, muitas vezes, nem conseguirem serem atendidos no momento, tendo que retornar e gastar ainda mais”, explicou o secretário.

Na verdade, o comunicado sobre o fechamento (extinção) da Unidade do Incra em Rondonópolis foi divulgado em 24 de julho de 2019. Na ocasião, houve muita movimentação no setor, e o prefeito municipal se comprometeu em lutar pela permanência em definitivo do órgão na cidade, e vem cumprindo a sua parte.

O ACORDO

Segundo o que ficou acertado no ‘acordo de cooperação técnica’ assinado pelas autoridades, o INCRA vai reabrir o posto avançado em Rondonópolis; vai nomear de imediato, um novo servidor para dirigir o órgão na cidade, e vai enviar ainda, dois técnicos federais.

Ao município, caberá subsidiar o suporte logístico e técnico, bem como a cedência de pelo menos 07 (sete) servidores, como: auxiliar administrativo, serviços diversos, e vigilantes. Além, de custear as despesas com aluguel, água, energia e, Internet, materiais de expediente e limpeza, entre outros.

MOBILIZAÇÂO

Mas, para que esse acordo fosse fechado, foi necessária muita mobilização e esforço conjunto! A administração municipal com o apoio da Câmara de Vereadores, os sindicatos e associações de trabalhadores rurais (assentamentos etc.); bem como, a sociedade organizada em geral, se mobilizaram e se uniram para buscar mecanismos de apoios políticos e técnicos, para que o INCRA mantivesse a unidade avançada funcionando em Rondonópolis; e conseguiram!

PARTICIPANTES

Além do Secretário de Agricultura, Superintendente e toda a alta cúpula do INCRA, e o Procurador Federal, participaram das discussões, a procuradora do município, Marinelly Viegas; o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar Valdivino Thomás; bembem-vindo como, 10 representantes de Associações de Trabalhadores Rurais de 17 municípios da região Sudeste; além do prefeito de Pedra Preta.