Prefeito, aos poucos dobra oposição, e tem vitória na Câmara

Picture of Lucas Perrone

Lucas Perrone

Prefeito conseguiu 18 votos em projeto polêmico

Prefeito, aos poucos dobra oposição, e tem vitória na Câmara

Compartilhe:

O prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (PSB), aos poucos está dando a impressão de que voltará a dominar a cena na votação de projetos na Câmara de Vereadores e tem mostrado força no convencimento da oposição em algumas votações.

Um exemplo foi dado na sessão desta quarta-feira (29), quando conseguiu aprovar, com 18 votos, um projeto de reestruturação de cargos na saúde. Na realidade, de acordo com o líder do prefeito, Reginaldo dos Santos (PSB), a medida é para atender à demanda dos investimentos no abrigo animal, especialmente no que tange à questão de médicos veterinários.

Adonias diz que medida era necessária

O vereador Adonias Fernandes (MDB) destacou que a medida é necessária, pois há uma espera pelo funcionamento deste tipo de serviço na cidade.

Leia mais sobre o assunto: Rebelada, oposição promete esquentar o caldo contra Zé do Pátio

Por outro lado, apenas dois vereadores votaram contra a medida: o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Carlos Guinancio, o Subtenente Guinancio (PSDB), e o vereador José Felipe Horta, o Doutor José Felipe (PL).

Guinancio alegou que há irregularidades no projeto

Guinancio explicou que a medida não poderia ser aprovada naquele momento por conter ilegalidades, pois não havia, por exemplo, a questão orçamentária acompanhando o projeto. Ele ainda afirmou que a proposta feria a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Reginaldo negou as irregularidades e disse que a medida contempla a legislação vigente e que as contratações podem ser feitas neste momento sem ferir a legislação eleitoral.

Líder do prefeito retirou projeto da Câmara

No entanto, a vitória de Pátio não foi completa, pois os demais projetos de reestruturação de cargos em outras secretarias que estavam na pauta foram retirados pelo líder do prefeito.

O motivo é que ainda havia temor de não ter votos suficientes para a aprovação dessas outras leis. O vereador Guinancio questionou o fato de esta ser a quinta vez que esse tipo de lei entra na pauta e acaba sendo retirada pelo líder do prefeito.

Fique por dentro das discussões e atualizações sobre esse tema. Acompanhe o Instagram e Twitter do Primeira Hora.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp