‘Portal para outra dimensão’? Fenômeno óptico é filmado na Patagônia

Picture of R7

R7

Fenômeno é conhecido como subsol e é gerado pelo reflexo do Sol em uma nuvem de cristais de gelo - Reprodução/Instagram

‘Portal para outra dimensão’? Fenômeno óptico é filmado na Patagônia

Compartilhe:

Uma fotógrafa chamou atenção nas redes sociais após capturar um fenômeno óptico que se parece com um “portal interdimensional”, na estação de esqui de Cerro Catedral, na Patagônia, no sul da Argentina. 

“Um portal para outra dimensão?”, perguntou Gaby Chavez em uma publicação no Instagram. “A natureza [é] sempre surpreendente, cristais de neve voando e os raios do sol se filtrando pelas nuvens!”

O vídeo postado mostra um “portal” circular brilhante no ar, ao longo das encostas nevadas da estação de esqui.

No entanto, apesar de parecer algo saído de um filme de ficção científica, esse fenômeno óptico é conhecido como subsol e é gerado pelo reflexo do Sol em uma nuvem de cristais de gelo, segundo o portal Newsweek. 

O subsol só pode ser visto de cima e ocorre apenas diretamente abaixo do Sol. A luz solar reflete nos pequenos cristais de gelo flutuando na atmosfera, criando um estranho círculo luminoso no ar.

Assim, os cristais de gelo quase agem como um espelho para a luz do Sol, explicou a fotógrafa na legenda da publicação.

É importante explicar que os cristais de gelo que criam esse fenômeno têm a forma de placas hexagonais. Como regra geral, a orientação que os cristais de gelo mantêm na atmosfera determina o tipo de fenômeno óptico que é criado. Existem outros fatores em jogo também, como o ângulo das facetas dos cristais.

Fenômenos ópticos como esse geralmente ocorrem em locais frios onde há condições muito claras, nas quais os cristais de gelo permitem a passagem da luz solar, disse Gaby.

“Nesse caso, podemos ver uma infinidade de pontos brilhantes ao redor da bola de luz, e eles coincidem com cristais que se movem no ar, brilhando furtivamente como espelhos e cuja densidade diminui rapidamente com a distância do centro do fenômeno”, escreveu a fotógrafa.

A publicação obteve mais de 10 mil curtidas, e os usuários do Instagram ficaram surpresos com as imagens. “É hora de você voltar de onde veio, amigo haha”, disse uma pessoa. “Que momento lindo!”, declarou um internauta.

“Nunca vi nada assim. Inacreditavelmente mágico”, disse outro usuário. “E eu amo que você viu e gravou. Alguém que ama a natureza, alguém que ama o que ela faz.”

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp