Popó acusa Naldo de bater em mulheres e diz que cantor gerou prejuízo de R$ 1 milhão para ele

Picture of R7

R7

Popó diz que tomou prejuízo de R$ 1 milhão após Naldo cancelar luta- Reprodução/Instagram

Popó acusa Naldo de bater em mulheres e diz que cantor gerou prejuízo de R$ 1 milhão para ele

Compartilhe:

O ex-lutador Popó, de 47 anos, revelou, durante entrevista ao programa Samba Gol, da Rádio Transcontinental FM, que teve prejuízo de R$ 1 milhão após Naldo, de 44, ter cancelado a luta com ele, que estava prevista para agosto deste ano. Ele disse que já estava até em preparo físico para o confronto, que não vai mais acontecer, e que Naldo “só sabe bater em mulher”.

“Ele ficou com medo de apanhar porque é o tipo do cara que só bate em mulher. Todas as mulheres que me mandam direct pedem para eu arrebentar ele por causa disso. Ele já agrediu uma mulher na vida dele”, contou Popó durante a entrevista.

Ele também afirmou que estava fechando um patrocínio para ser garoto-propaganda de uma empresa por quase R$ 1 milhão por causa da luta. “Quem vai pagar as contas? Será que ele vai pagar? Isso é passível de processo”, disse o ex-lutador.

Popó ficou indignado com a decisão de Naldo, que cancelou a luta com o argumento de que a carreira dele cresceu muito nos últimos tempos e ele não tem mais tempo para treinar, além de não ser lutador.

“Tinha muita gente esperando essa luta. Eu desconfiava que era mais uma mentira, mas não sabia que ele mentia tanto. Todo mundo ficou mandando direct para mim, estava acreditando… Ele falou: ‘Quando eu desafiei ele, tinha tempo de treinar, mas agora está cheio de show’. Ele fez disso um marketing para subir. Depois que ele subiu, pulou fora”, explicou Popó.

Moranguinho, mulher de Naldo, acusou o cantor de agressão em 2017. Porém, no ano seguinte, eles retomaram a relação. “Quero pedir perdão a minha mulher, dizer que eu vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado, arrasado por tudo o que aconteceu”, disse na época.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp