Policiais penais da PCE interceptam drone com baterias de celular e droga

A ação ocorreu por volta das 18h de quinta-feira (22.10), quando o drone foi interceptado

Policiais penais da PCE interceptam drone com baterias de celular e droga - Foto por: Sistema Penitenciário

Durante rondas na laje da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, policiais penais do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) visualizaram um drone com material preso por uma linha de pesca. A ação ocorreu por volta das 18h da quinta-feira (22.10), nas proximidades do Raio 4, quando o drone foi interceptado.

A equipe conseguiu pegar o pacote transportado pelo equipamento, que continha oito baterias de celular e um tablete de substância análoga a maconha. Porém, não foi possível apreender o drone.

O produto apreendido foi encaminhado ao líder de equipe da Base do GIR, para dar prosseguimento às medidas cabíveis e finalizar a ocorrência. Também foram feitas rondas no entorno da PCE para tentar localizar suspeitos, mas nada foi encontrado.




O drone tem sido utilizado com frequência na tentativa de introduzir materiais ilícitos nas unidades penais de Mato Grosso, assim como a prática de jogar pacotes pelo muro.

“Observamos mais isso no período em que as visitas estão suspensas, por conta das medidas de prevenção ao coronavírus (Covid-19), mas também em função do controle de acesso cada vez mais rígido”, ressalta o diretor da PCE, Agno Ramos.