Policiais militares salvam recém-nascido engasgado com leite materno em MT

“Foram os anjos enviados por Deus, não há outra explicação para a presença deles ali perto e no momento que eu mais precisava”, manifesta a mãe do bebê, Sirlei Oliveira, sobre o salvamento feito pelos soldados F Cruz, De Paula e Laura

Salvo pelos policiais militares, o bebê volta aos braços da mãe, para alegria de todos que participaram da ação - Foto por: Cia CPA/PMMT

Esta sexta-feira, 25 de setembro de 2020, seguia como um dia normal de trabalho, com patrulhamento preventivo e possibilidades de abordagens, checagens e prisões para uma guarnição da 7ª Companhia de Polícia Militar do CPA até que gritos de desespero e populares acenando chamaram a atenção para uma casa onde havia um mãe pedindo socorro.

O caso ocorreu na Rua Bahia, no bairro CPA II, próximo no local onde os soldados Wagner Fernando da Cruz Farias, Laura Almeida Rissato e José Luís De Paula patrulhavam.  A mãe, Sirlei Oliveira, 39 anos, estava com o filho recém-nascido desacordado nos braços.

Bryan Felipe, de apenas 12 dias, havia se engasgado com leite materno e já estava desfalecido e com a pele roxa quando os policiais o socorreram. No local a soldado Laura começou uma sequencia de massagens e sucção nasal, quando a criança deu os primeiros sinais de recuperação. O atendimento prosseguiu dentro da viatura até a UPA Morada do Ouro, onde o Bryan deu entrada fora de risco de morte.

O bebê recebeu os primeiros socorro na casa da família, sob o olhar desesperado da mãe, dona Sirlei Oliveira(Foto: Cia CPA/PMMT)



Na unidade pública de saúde o recém-nascido recebeu atendimento, passou por avaliação e logo depois recebeu alta médica. De volta para casa com o filho, Sirlei se emociona ao relembrar as cenas de desespero e a chegada dos policiais.

“São anjos enviados por Deus, não há outra explicação para a presença deles ali e no momento em que eu mais precisava”, manifesta Sirlei. “Tenho que agradecê-los, seremos eternamente gratos a esses três policiais, anjos em nossas vidas”, continua a mãe de Bryan Felipe.

O atendimento prosseguiu dentro da viatura, a caminho da UPA Morada do Ouro, onde o bebê chegou bem, fora de riscos, e passou por avaliação médica(Foto: Cia CPA/PMMT)

Sirlei conta que teve uma gravidez complicada, com hipertensão arterial e dores contínuas. Por causa disso o nascimento do pequeno Bryan teve de ser antecipado em três semanas. Desde que nasceu, mesmo com todos os cuidados adotados, o bebê se afoga com leite materno, mas nada grave, nem de longe o que ocorreu na manhã desta sexta-feira.

Passado o susto e de volta para casa com o filho em boas condições de saúde, Sirlei diz que quer reencontrar os soldados F Cruz, De Paula e Laura para agradecê-los pessoalmente.

Confira a ação rápida dos policiais:

View this post on Instagram

Era uma manhã tranqüila de policiamento para aos militares Sd F.Cruz, Sd Laura e Sd de Paula, eles estavam em policiamento no bairro CPA 2 até que foram abordados por populares desesperados que tinha um bebê passando mal. Rapidamente os militares chegaram na casa e se depararam com a mãe desesperada e a criança desacordada, sem saber o que fazer. De imediato a Sd Laura tomou a criança nos braços e prestou os primeiros socorros, em seguida se deslocaram até a UPA. Graças ao rápido atendimento dos policiais o bebê passa bem. Para os policiais foi um sentimento de emoção e dever cumprido. Manter a calma não foi fácil, mas Deus nos colocou no lugar certo na hora certa, relatou o SD F. Cruz e isso não tem preço. Os militares são da Companhia do CPA. Quantos aplausos esses guerreiros merecem??? @pmmt_cuiaba_3bpm

A post shared by Polícia Militar MT (@pmmt_oficial) on