Policiais de unidades especializadas participam de capacitação sobre fraudes eletrônicas

Policiais de unidades especializadas participam de capacitação sobre fraudes eletrônicas

A capacitação foi dividida em duas turmas capacitando policiais da Delegacia de Estelionato e da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos

Policiais Civis lotados em duas unidades especializadas da Diretoria Metropolitana, participaram nesta quarta-feira (28.08), de capacitação realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), da Diretoria de Atividades Especiais, voltada para investigação crimes de fraudes eletrônicas.

A capacitação da primeira turma, composta por policiais da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes, ocorreu no período matutino no auditório da Diretoria Geral da Polícia Civil. Na parte da tarde, policiais Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA) participaram da capacitação que foi realizada no auditório da unidade.

Elaborada pelo delegado da DRCI, Ruy Guilherme Peral da Silva, a capacitação de crimes de fraudes eletrônicas tem como objetivo transmitir conhecimentos teóricos e práticos, através de slides e materiais disponibilizados para auxiliar as equipes no decorrer dos trabalhos investigativos.

Foto: Polícia Civil-MT

“É importante que os policiais civis que atuam nas mais diferentes áreas comecem a ter  base em investigação de crimes cometidos através dos meios virtuais, uma vez que os criminosos, cada vez mais estão migrando para este modo de atuação”, explicou.

Presente na abertura da palestra, o diretor de Atividades Especiais Fernando vasco Spinelli, falou da importância da especializada em repressão a crimes informáticos, que apesar do efetivo ainda pequeno, vem fazendo um grande trabalho.

Conforme o diretor, a capacitação é essencial por se tratar de uma matéria nova que lida com a atuação de criminosos que vem evoluindo e migrando para a modalidade de estelionato por meio da internet, pois enxergam como porta de entrada para obter lucros, tendo riscos menores de serem presos, além das penas previstas para estelionato também são menores.

“Esse é o grande desafio da Polícia Civil, de fazer com que o estelionato e outros crimes cometidos através da internet sejam combatidos de forma célere e eficiente. Parabéns a DRCI pela iniciativa e presteza no auxílio de outras unidades policiais” destacou Fernando Vasco.

Em seguida o diretor Metropolitano, Rodrigo Basto, enalteceu a disponibilidade das equipes em participar da capacitação, em especial s troca de experiência com a DRCI que será uma grande parceira da delegacia de estelionato, uma vez que as matérias se confundem em vários pontos.

“Precisamos otimizar nossos esforços, trabalhando em conjunto para continuar entregando bons resultados para a sociedade. Sabemos que é um trabalho difícil, porém a Diretoria Metropolitana está focada em buscar melhores condições e estrutura para que o combate aos crimes de estelionato, em especial, praticados pela internet, seja referência na Polícia Civil de Mato Grosso”, disse o diretor Rodrigo Basto.

Para finalizar a delegada titular da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes, Luciani Barros Pereira de Lima, falou da gratidão pelo incentivo da DRCI que ao receber a demanda solicitada, imediatamente formatou o treinamento.

“Tenho certeza do compromisso que toda minha equipe tem aqui com a Polícia Civil e com a sociedade. Sabemos que a demanda é grande, e também da missão da diretoria neste momento, de equipar e promover todos os meios necessários para que seja desenvolvido um bom trabalho. E nós vamos fazer o nosso melhor”, concluiu a delegada Luciani Barros.

Noticias Relacionadas