Polícia Penal prende 22 mulheres e impede entrada de drogas em presídios

Picture of Sesp-MT

Sesp-MT

Na PCE foram 12 mulheres detidas. - Foto por: Polícia Penal

Polícia Penal prende 22 mulheres e impede entrada de drogas em presídios

Somente na PCE, a revista resultou na prisão de 12 visitantes

Compartilhe:

A Polícia Penal prendeu 22 mulheres suspeitas de tráfico de drogas neste sábado e domingo (14 e 15.10), e impediu a entrada de entorpecentes em diferentes unidades penitenciárias em Mato Grosso. 

Na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, foram conduzidas 12 mulheres para Central de Flagrantes por suspeita de tráfico de drogas. As visitantes estavam com o entorpecente escondido nas partes intimas, o que foi detectado pelo aparelho body scan. 

As mulheres também tentavam acessar a unidade com carteira de visitante falsa e uma delas estava com 67 chips e uma sacola com ácido bórico escondidos nas partes intimas. 

No Centro de Detenção Provisória de Lucas do Rio Verde, sete mulheres foram flagradas pelos policiais penais com entorpecentes escondidos em chinelos.  

A Polícia Penal desconfiou da situação ao identificar cola na sola do chinelo da esposa de um reeducando. Ao cortar os chinelos, os agentes se depararam com maconha e revistaram outros chinelos, encontrando a mesma situação com mais seis suspeitas. 

Na Cadeia Pública de Várzea Grande, a Polícia Penal impediu que uma mulher acessasse a unidade com uma porção de droga. Também houve uma prisão por suspeita de tráfico em Sinop, onde uma visitante escondia droga em uma peça íntima e outra em Tangará da Serra, onde uma mulher escondia um aparelho celular no corpo. 

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp