Polícia Civil prende homem condenado a 18 anos de prisão por abusar sexualmente de criança

Picture of Polícia Civil-MT

Polícia Civil-MT

Foto: Christiano Antonnucci/Secom-MT/Ilustrativa

Polícia Civil prende homem condenado a 18 anos de prisão por abusar sexualmente de criança

O crime foi denunciado em 2020 à Delegacia de Sorriso; ele era pastor de uma igreja quando abusou da criança dos sete aos oito anos

Compartilhe:

Policiais da Delegacia de Sorriso cumpriram nesta terça-feira (28) a prisão de um homem de 58 anos investigado por estupro de vulnerável contra a enteada da filha dele. O mandado foi cumprido com apoio da Gerência de Polinter e Capturas da Polícia Civil.

A prisão definitiva foi decretada após condenação de 18 anos e nove meses pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso. A sentença observou a continuidade delitiva praticada pelo réu, que começou a abusar da menor de idade quando ela ainda tinha sete anos.

O crime foi denunciado pela vítima em 2020, quando ela estava com 16 anos. A Delegacia de Sorriso instaurou inquérito para apurar as praticas criminosas contra a vítima, que foi abusada sexualmente dos sete aos oito anos pelo réu, pastor de uma igreja evangélica. O crime ocorreu no bairro Jardim Amazonas, em Sorriso.

Após o cumprimento do mandado, o condenado será apresentado em audiência de custódia e encaminhado, posteriormente, ao centro de detenção de Sorriso.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp