Polícia Civil investiga desaparecimento de investigador aposentado em Cuiabá

Polícia Civil-MT

Polícia Civil-MT

Divulgação/Polícia Civil

Polícia Civil investiga desaparecimento de investigador aposentado em Cuiabá

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá apura o desaparecimento do investigador aposentado Derli José Alves, de 56 anos, e a tentativa de homicídio contra a esposa dele. O policial civil está desaparecido desde a noite de terça-feira (21.02), da propriedade onde morava, no Parque Itaguaí, localizado na Rodovia Emanoel Pinheiro, na Capital.

A Polícia Civil foi acionada, inicialmente, para atendimento a uma ocorrência envolvendo o furto de uma camionete Hilux, que pertence ao policial. Um irmão da vítima informou à equipe da DHPP que foi avisada de que sua cunhada tinha sido atingida por disparos de arma de fogo, foi socorrida e encaminhada ao hospital municipal.

Antes de ser socorrida, a mulher do investigador aposentado mandou áudios a familiares contando que na manhã de terça-feira ela foi até um barracão que tem na propriedade e viu o genro do policial lavando as mãos sujas de sangue. Ao perguntar o que estava acontecendo, o homem fez disparos contra a mulher, que a atingiram na cabeça, e ela desmaiou. Quando ela recobrou a consciência, o suspeito havia fugido da chácara levando a caminhonete e pertences do policial.

Desde então, Derli José está desaparecido. A mulher está hospitalizada, em estado grave.

Equipes da DHPP e da DERFVA realizaram diligências na propriedade, junto com um irmão de Derli José, para coletar informações que possam esclarecer o paradeiro do policial. A Perícia Técnica também esteve no local coletando evidências. Também foram feitas buscas nas proximidades.

A filha do policial foi ouvida na DHPP e um celular dela foi apreendido para investigação.

+ Acessados

Veja Também