Polícia Civil incinera uma tonelada de entorpecentes apreendidos em seis meses em Rondonópolis

Drogas apreendidas pelas forças de segurança já foram periciadas e liberadas pela Justiça para incineração

Foto: Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Rondonópolis realizou nesta quinta-feira (10.06) a primeira incineração de entorpecentes do ano. Nos fornos de uma empresa no Distrito Industrial do município, a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos organizou a incineração de uma tonelada de drogas, entre maconha e cocaína.

Com acompanhamento da Vigilância Sanitária e representantes do Ministério Público, Poder Judiciário e a imprensa local foram queimados entorpecentes apreendidos pelas forças de segurança do município no período entre dezembro do ano passado até início de junho deste ano.

O entorpecente é liberado para incineração após realização de perícia oficial e autorização judicial. A quantidade de droga incinerada nesta quarta-feira em um armazém de soja foi possível secar aproximadamente 300 mil toneladas do grão.




O delegado da Derf de Rondonópolis, Santiago Rozendo Sanches, explica que a incineração faz parte da Operação Narco Brasil, uma ação integrada iniciada na última semana pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública na prevenção, inteligência e repressão ao tráfico de drogas em todo o país.

A Narco Brasil é coordenada pela Secretaria de Operações Integradas, com atuação das polícias Civis e Militares das unidades da federação e parceria com a Secretaria Nacional de Política sobre Drogas, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.