Polícia Civil incinera aproximadamente 180 quilos de entorpecentes apreendidos nos últimos quatro anos

Foto: Polícia Civil

Aproximadamente 180 quilos de entorpecentes foram incinerados pela Polícia Civil do município de Juína (735 km a noroeste de Cuiabá), na sexta-feira (26.02), após autorização judicial.

O montante contendo diferentes tipos de entorpecentes, entre maconha, pasta base e cocaína, é resultado das apreensões realizadas pelas forças de segurança pública na região desde o ano de 2018.

A destruição dos 180 quilos de substâncias ilícitas foi realizada em uma fornalha de uma empresa situada na avenida JK, e contou com a participação das equipes da Polícia Civil, Politec, Vigilância Sanitária e da imprensa local.




Conforme o delegado de polícia de Juína, Marco Bortolotto Remuzzi, as operações visando a venda de entorpecentes tem sido intensificadas, bem como a desarticulação de associações criminosas instaladas na cidade.

“A batalha ao tráfico de drogas é uma das prioridades da Delegacia de Polícia de Juína. Desde o ano de 2018 estamos de forma constante intensificando os trabalhos investigativos para cada vez mais prender traficantes”, pontuou Marco Bortolotto.

O delegado parabenizou os investigadores e os escrivães de polícia de Juína, os quais desenvolvem um brilhante trabalho no combate ao tráfico de drogas, em ações que refletem contra quadrilhas que atuam no comércio de entorpecentes, além de reduzir outros crimes conexos, como homicídios, roubos e furtos.