PM lamenta morte de sargento da reserva remunerada por Covid-19 em MT

Foto por: Arte visual/álbum de família

É com pesar que a Polícia Militar vem à público informar a morte do 3º sargento da reforma remunerada Ivan Aparecido da Silva, de 58 anos, e prestar condolências a sua família, esposa e filhas.

Sargento Aparecido morreu na manhã desta terça-feira (08.07), na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Jardim Cuiabá, em Cuiabá, onde estava internado desde o último sábado (04.07). Ele sofreu uma parada respiratória e não resistiu à infecção causada pelo novo coronavírus.

Diagnosticado com Covid-19 na última semana de junho, Aparecido estava em tratamento domiciliar, fazendo uso de medicamentos prescritos e sob orientação médica. Todavia, o estado de saúde dele se agravou exigindo internação hospitalar em leito de terapia intensiva, como correu no último sábado, mas Infelizmente o quadro evoluiu para óbito. Ele era hipertenso, porém a doença era mantida sob controle com tratamento medicamentoso.

Chapadense de nascimento, Aparecido dedicou grande parte de sua vida, quase 30 anos, à prestação de serviços para a sociedade mato-grossense por meio da Polícia Militar. Além de unidades operacionais, no policiamento de prevenção e repressão à violência, por quase 15 anos atuou na Corregedoria Geral da PMMT.

Sargento Aparecido têm a sua trajetória profissional marcada pela dedicação e amor à carreira militar e o respeito ao próximo. Similar foi sua história em família, com a esposa Natalice, com quem está casado há 30 anos, e com as filhas Iara e Samille.

Por exigência do protocolo em razão da pandemia da Covid-19, não haverá velório aberto aos familiares e amigos. A família ainda está encaminhando os procedimentos necessários ao sepultamento.

Polícia Militar do Estado de Mato Grosso

Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional