PF destrói mais de 62 mil pés de maconha

presos filmam tortura a rival dentro de penitenciária



A Polícia Federal (PF) informou nesta terça-feira (17) que destruiu mais de 62 mil pés de maconha em plantações no noroeste do Maranhão. O número é suficiente para produzir aproximadamente 16 toneladas da droga, segundo a PF. Também foram destruídos mais de 140 quilos da planta já colhida. Ninguém foi preso.

Os policiais faziam uma operação contra a extração ilegal de madeira, no último fim de semana, na Reserva Biológica do Gurupi, nas terras indígenas AltoTuriaçu e Caru. Ao sobrevoarem a região, identificaram as plantações. Funcionários do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) participaram da operação.

Os policiais também encontraram acampamentos para onde a droga colhida era levada e armazenada, mas os locais estavam vazios, de acordo com a PF, que abriu inquérito policial para identificar os responsáveis pelas plantações.