Pesquisa revela que ex-alunos estão satisfeitos e recomendariam os cursos do Senar-MT

Instrutor Carlos Paim, credenciado junto ao Senar-MT

Realizada pela Central CM – Planejamento e Inteligência de Mercado, a pesquisa com os ex-alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) revela que 89,2% dos entrevistados estão satisfeitos com o último curso que fizeram ofertados pela instituição. A pesquisa mostra ainda que 99,8% recomendariam os treinamentos da instituição.

Os motivos para indicarem o treinamento são os mais variados. Dentre eles, professores qualificados e ótimos orientadores. Os entrevistados ressaltaram ainda que a instituição passa confiança e que os treinamentos melhoram o desenvolvimento pessoal.

Aparecida Jesus Cordeiro Pereira, produtora rural de Paranaíta, que é popularmente conhecida como Nena, faz parte desta maioria que recomenda os treinamentos do Senar-MT. Ela conta que tudo começou quando foi convidada por uma vizinha, com quem trabalhava para fazer um treinamento de reaproveitamento de alimento. “Gostei muito e, desde então já participei de várias outras ações da instituição e já levei minhas irmãs para participarem de vários cursos”.




A pesquisa revela ainda que 58,10% dos entrevistados afirmaram que fizeram o treinamento do Senar-MT para aperfeiçoar a profissão atual. É o caso de Marcos da Silva Parreira. Ele procurou os treinamentos no Sindicato Rural de Gaúcha do Norte para aperfeiçoar as técnicas de cultivo de sua pequena hidroponia.

“Eu estava com dificuldades com algumas técnicas e o manuseio de equipamentos e isto estava refletindo na minha produção”. Ele conta ainda que além da melhoria de sua produção seu objetivo era que por meio do aperfeiçoamento pudesse fomentar a economia local.

Outro ponto que chamou atenção foi que quando perguntados sobre a satisfação com os treinamentos, 89,20% dos entrevistados deram nota de 9 a 10. Além disso, 61% dos entrevistados já fizeram mais de cinco cursos ofertados pelo Senar-MT em parceria com os Sindicatos Rurais.