Pesca continua proibida em rios de Mato Grosso

mais de 158 mil veículos devem passar pela br-163 durante o réveillon

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) informou que o período de defeso, a piracema, nos chamados rios federais, vai até 28 de fevereiro, seguindo calendário nacional. Os que ainda não tiveram a pesca liberada são os rios Araguaia, Aripuanã, Guariba, Juruena, Madeirinha, Paraguai, Roosevelt, Teles Pires e Xingu, e os respectivos afluentes.

De acordo com o Ibama, os rios federais passam por mais de um estado da federação ou ainda por outros países, onde período de defeso vai até 28 de fevereiro, seguindo calendário nacional. Nos rios de Mato Grosso que não são federais, a piracema terminou no dia 31 de janeiro.

Ainda segundo o Ibama, a data do fim da piracema nesses rios só será alterada caso haja ato normativo nesse sentido do governo federal, por meio do Ministério da Agricultura em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente.

Balanço da Secretaria de Meio Ambiente e da Polícia Militar Ambiental aponta que foram apreendidas sete toneladas de pescado irregular entre os dias 1º de outubro de 2016 e o dia 20 de janeiro de 2017. O valor total das multas aplicadas no período é superior a R$ 563 mil.