Peça sobre letramento racial percorre quatro municípios de MT e tem entrada gratuita

Picture of Secel-MT

Secel-MT

Foto: Divulgação

Peça sobre letramento racial percorre quatro municípios de MT e tem entrada gratuita

População de Alta Floresta, Cáceres, Tangará da Serra e Cuiabá terá oportunidade de assistir à peça

Compartilhe:

Letramento racial tem sido um termo muito ouvido atualmente, mas pouco compreendido por grande parte da população. E, para conscientizar e sensibilizar a sociedade sobre o conceito, o ator André D’Lucca apresenta a peça ‘Sankofa: Resgate da Ancestralidade’ para o público de quatro municípios mato-grossenses, a partir desta terça-feira (19.03). A produção conta com apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), e tem entrada gratuita.

‘Sankofa: Resgate da Ancestralidade’ traz saberes ancestrais da herança africana e apresenta o empoderamento do povo negro, com revelação de nomes pessoas pretas que contribuíram para a formação histórica do Brasil. Assim, a peça busca provocar reflexões sobre identidade, pertencimento, resistência e cultura do povo negro, apresentando conhecimentos sobre questões raciais dentro de uma perspectiva antirracista.

A palavra Sankofa refere-se a um símbolo africano, que remete a aprender com o passado para construir o presente e futuro. O termo letramento racial foi criado em 2003 pela socióloga afro-americana France Winddance Twine, e traduzido no Brasil pela pesquisadora Lia Vainer Schucman. Resumidamente, pode ser descrito como um processo de reeducação racial para desconstruir formas de pensar e de agir que estão naturalizadas socialmente em relação a pessoas negras e pessoas brancas.

A primeira cidade a receber o espetáculo durante este período de circulação será Alta Floresta, nesta terça-feira, 19, às 20h, no Espaço Cultural Teaf. Depois, a peça será apresentada em Cáceres, dia 21 de março, no auditório da Escola Técnica Estadual. Em Cuiabá, o espetáculo chega na sexta-feira (22.03), às 20h, no Cine Teatro Cuiabá. A última apresentação será em Tangará da Serra, no dia 23 de março, no Centro Cultural.

O espetáculo é encenado em um monólogo, com texto e interpretação de André D’ Lucca e direção de Mawusi Tulani, figurino de Jean Guaré, fotografia de Fábio Motta, arte digital de Fernanda Fernandes, iluminação do Loro da Hiald.  

O projeto ‘Monólogos sobre a Ancestralidade’ é uma realização da Associação Cuiabana Belas Artes (Acuba) com o patrocínio da Secel via emenda parlamentar, com apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e da TV Centro América. 

Serviço | Espetáculo Sankofa: Resgate da Ancestralidade

Terça-feira (19.03) – Alta Floresta (no Espaço Cultural Teaf), às 20h

Quinta-feira (21.03) – Cáceres (auditório da Escola Técnica Estadual)

Sexta-feira (22.03) – Cuiabá (Cine Teatro Cuiabá), às 20h. Ingressos AQUI https://www.sympla.com.br/sankofa__2368108

Sábado (23.03) – Tangará da Serra (Centro Cultural)

Entrada: gratuita. A organização está recebendo doação de 1 litro de leite longa vida, não obrigatório, para uma ação beneficente.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp