Pastor acusado de estuprar menina de 14 anos é preso

Pastor teria dado carona à menina dizendo que a levaria para um culto

Idoso é preso suspeito de ter estuprado a neta de 12 anos em MT
Arquivo/Marcello Casal Jr/ Agência Brasil/Ilustrativa

Um pastor de uma igreja evangélica foi preso na quinta-feira (30) acusado de ter estuprado uma adolescente de 14 anos no último domingo (26) em Araruama, interior do Rio de Janeiro. O exame de corpo delito realizado na menina comprovou o abuso sexual.

A polícia afirmou que o pastor teria dado uma carona à vítima dizendo que a levaria em um culto religioso, mas desviou o caminho e a levou até uma estrada vazia. Longe da igreja e em um lugar deserto, o homem teria abusado sexualmente da adolescente. Após o estupro, o pastor foi à igreja com a menina e a teria ameaçado para que não falasse nada.

A jovem contou que foi abusada aos seus familiares e foi levada imediatamente à delegacia para prestar queixa contra o abusador. Ela foi submetida a um exame de corpo delito e o estupro foi comprovado.

O pastor foi denunciado, teve a prisão preventiva decretada e foi preso. Segundo a polícia, ele já foi encaminhado ao sistema penitenciário e ficará à disposição da Justiça.