Passageira dá à luz em carro de aplicativo em MT e motorista se emociona: ‘Momento único’

Kleber segurando o filho de Ana e Cirilo, acompanhado deles no hospital — Foto: Arquivo pessoal



Uma passageira entrou em trabalho de parto em um carro de transporte por aplicativo, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, na última quinta-feira (6). A criança nasceu no banco de trás do veículo.

O motorista do veículo, Kleber Nei de Campos Silva, disse ter recebido um chamado por volta de 2h da madrugada para buscar a mulher e levá-la ao hospital.

“Trabalho no aplicativo há seis meses. Nunca esperei que isso fosse acontecer comigo um dia. A sensação foi de fraqueza, medo e pavor, mas ao mesmo tempo tive que arrancar forças para ajudar essa mãe a receber a criança que estava chegando ao mundo”, contou o motorista.

Kleber já estava em casa quando outra passageira solicitou corrida até a rodoviária do município. Ele então saiu em direção ao local e ligou o GPS para pegar outras corridas no percurso. Foi quando recebeu a solicitação do Bairro Vila Irene, onde a grávida já estava sentindo as dores do parto.

O pedido estava em nome de Cirilo, marido de Ana Brandina, que a colocou no carro e solicitou que Kleber a levasse até o pronto-atendimento. Ana foi acompanhada da mãe dela, no banco de trás do carro.

“Assim que a gente saiu ela disse que sentiu que a bolsa havia se rompido. A princípio entrei em estado de choque, tremia o tempo inteiro, muito preocupado e ansioso com o bebê nascendo, então eu falei pra ela se deitar”, detalhou.

Kleber Nei de Campos Silva ajudou passageira a dar à luz — Foto: Arquivo pessoal

Kleber Nei de Campos Silva ajudou passageira a dar à luz — Foto: Arquivo pessoal

Eles pararam no meio do caminho e o motorista a ajudou no parto. Quando a criança já tinha nascido, eles chegaram ao Hospital Regional para realizar o procedimento final com a equipe médica.

“É uma experiência que vou guardar para o resto da minha vida, um momento único. Deus prepara tudo na hora certa e no momento certo”, contou Kleber, emocionado .

O motorista disse ainda que todos os motoristas do aplicativo apadrinharam a criança e vão colaborar com fraudas e roupas.