Pagamento do Auxílio Emergencial supera R$ 151,4 bi em investimentos do Governo Federal

São 65,9 milhões de pessoas beneficiadas diretamente com a transferência

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Cidadania divulgou, nesta sexta-feira (7), balanço sobre os últimos números do pagamento do Auxílio Emergencial, que chegou a R$ 151,4 bilhões em investimentos do Governo Federal. São 65,9 milhões de pessoas beneficiadas diretamente com a transferência das parcelas de R$ 600,00 ou R$ 1.200,00.

Como exemplo, a Pasta reforçou que o montante equivale ao Produto Interno Bruto (PIB) – soma das riquezas produzidas por uma nação – de países europeus como Islândia, Chipre, Bósnia ou Geórgia, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) de 2019.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, destacou a importância social e econômica do benefício durante a pandemia. “O Auxílio Emergencial está fazendo a diferença na vida das pessoas e movimentando a economia, em especial nas regiões mais pobres”, afirmou.




Nesta sexta-feira (7), foram transferidos para as contas sociais digitais cerca de R$ 2,5 bilhões para quem nasceu em junho e faz parte do grupo de Microempreendedores Individuais, contribuintes individuais do INSS, autônomos, trabalhadores informais e desempregados. São diferentes parcelas sendo pagas ao mesmo tempo, seguindo o calendário conforme o cadastramento e o processamento de dados dos beneficiados. A maioria é do Lote 1 – os primeiros a receberem o Auxílio Emergencial, já em abril –, que está recebendo a quarta parcela. Os demais variam entre a primeira e a terceira remessas.

Com informações do Ministério da Cidadania