Outros três dos 14 presos que fugiram de presídio são recapturados em região de mata em MT

Outros três dos 14 presos que fugiram de presídio são recapturados em região de mata em MT

Até o momento, a Polícia Militar conseguiu recapturar seis dos 14 foragidos e um morreu durante confronte com os policias.

Outros três dos 14 presos que fugiram da Penitenciária Regional Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, a 736 km de Cuiabá, na segunda-feira (3), foram recapturados pela polícia, nesta sexta-feira (14). Os fugitivos foram encontrados em Ribeirão Cascalheira, quase a 150 km de distância da prisão.

De acordo com a Polícia Militar de Água Boa, a ação começou nesta quinta-feira (13), após uma denúncia de moradores do Distrito da Matinha. Segundo eles, havia um homem suspeito que apareceu na comunidade.

As equipes foram até o local e encontraram os foragidos em uma fazenda que fica a aproximadamente 30 km da sede do município de Ribeirão Cascalheira (MT).

Nesta sexta-feira (14), os policiais fizeram buscas na região e conseguiram encontrar os três suspeitos.

A PM acredita que há outros presos escondidos nessa região e reinicia as buscas neste sábado (16).

Buscas

Foram disponibilizados cerca de 100 policiais militares para atuarem na operação de recaptura dos foragidos.

Na segunda-feira (10), três deles foram recapturados por policiais penais.

Segundo o tenente coronel da Polícia Militar Wendel Sodré, eles estavam nas proximidades de uma fazenda em Canarana, a cerca de 100 km de distância de de Água Boa.

Um dos 14 presos que fugiram foi morto durante confronto com a Polícia Militar nessa quarta-feira (12).

Fuga

Os agentes penitenciários que trabalham na unidade souberam da fuga durante a manhã do dia 3 deste mês. Foi feita uma varredura no local, mas nenhum dos suspeitos foi localizado.

O túnel usado para a fuga, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), foi cavado no raio azul da ala 1, saindo do banho de sol para fora da galeria, chegando até a área da muralha.

A suspeita é que, após a saída pela passagem escondida, os presidiários fugiram para uma região de mata ao redor do presidio. A saída da unidade dá acesso à BR-158.

Horas antes da fuga

Conforme um boletim de ocorrência registrado pela Polícia Penal, os presos fizeram um motim enquanto estavam no banho de sol.

De acordo com a Polícia Civil, os presidiários estavam batendo na grade do banho de sol e ameaçando os servidores. Foi dada ordem de recolhimento para celas, mas a ordem não foi obedecida.

Em seguida, segunda a polícia, foi necessário o uso de força moderada para sanar o motim.

Durante a confusão, um dos reeducandos foi atingido por disparo de arma menos letal (tiro de borracha) na perna e, em seguida, encaminhado para atendimento médico no Hospital Regional de Água Boa.

Noticias Relacionadas