Orquestra CirandaMundo e Espaço Roda apresentam espetáculo que une orquestra e dança

Picture of Assessoria

Assessoria

Orquestra CirandaMundo e Espaço Roda apresentam espetáculo que une orquestra e dança

Compartilhe:

A Orquestra CirandaMundo volta ao palco do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, desta vez, em parceria com o Espaço Roda, para agregar coreografias de dança ao espetáculo instrumental. O show “Roda Mundo” será neste sábado (29), às 20h, e o ingresso é solidário: dois quilos de alimento não perecível, a ser entregue diretamente na portaria do teatro, antes da apresentação.

“É a primeira vez na história da dança de Mato Grosso que uma orquestra trabalha com coreografias autorais. São músicas consagradas com números coreográficos inéditos. Estamos muito felizes e ansiosos com esse encontro. E nos sentimos desafiados, porque coreografar para uma orquestra não é nada fácil”, revela Rafael Cerigato, diretor pedagógico do Espaço Roda.

A ideia inicial, levantada por Cerigato, era fazer apenas uma participação em uma apresentação da orquestra. “Nossa proposta era que a orquestra tocasse o segundo movimento da sétima sinfonia de Beethoven, que era uma coreografia que a gente já trabalhava. Então, o maestro Murilo foi muito generoso e ofereceu a possibilidade de realizar um concerto para que pudéssemos fazer mais”, relembra Rafael.

O repertório musical conta com grandes clássicos, como as Danças Húngaras, de Johannes Brahms; as Danças Eslavas, de Antonin Dvorak; a Sinfonia nº 7, de Beethoven; a Dança dos Comediantes, de Bedrich Smetana; a Dança do Sabre, de Aram Khachaturian; além de números musicais de duas peças do dramaturgo alemão Bertold Brecht, ambos assinados por Kurt Weill.

Esta é a segunda apresentação da temporada artística 2022 da Orquestra CirandaMundo e faz parte da Série Cerrado. “Aproveitamos a temporada artística para homenagear os três biomas e as quatro regiões do estado com os nomes das séries de concerto: Araguaia, Cerrado, Amazônia e Pantanal. Na série Cerrado trabalhamos mais com o repertório tradicional de orquestra, sejam as grandes obras, as sinfonias, as suítes, os concertos, as aberturas, os poemas sinfônicos…”, detalha Murilo Alves, diretor artístico e presidente do Instituto Ciranda – Música e Cidadania, instituição filantrópica que propõe o resgate social por meio da música.

Além do repertório tradicional de orquestra, as outras séries trabalham com música popular, regional e contemporânea. “Tentamos ser o mais abrangente possível para que os professores e alunos possam ter vivências significativas e contato com repertórios diferenciados, por isso a divisão em séries”, complementa o maestro.

O Instituto Ciranda tem apoio da empresa Bom Futuro, Eletrobrás Furnas, Energisa, Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT), Assembleia Social (Coordenadoria de Integração, Cidadania e Cultura da ALMT), Associação Mato-grossense de Produtores de Algodão (Ampa), Instituto Saga e Eletrobrás Eletronorte, entre outros.

“Depois de anos de parceria, o Teatro Zulmira se consolidou como a casa da Orquestra CirandaMundo, sempre unindo os principais objetivos da Assembleia Social, que é promover a produção cultural mato-grossense, incentivar iniciativas de promoção social e contribuir com a formação de plateia. As apresentações das orquestras Instituto Ciranda são sempre belas, lotam a nossa casa e a desta semana também está imperdível. Venha, esperamos vocês!”, convida Daniella Paula Oliveira, coordenadora da Assembleia Social e diretora do Teatro Zulmira Canavarros.

Serviço:

Orquestra CirandaMundo e Espaço Roda apresentam o concerto “Roda Mundo”

Data: Sábado (29/10), às 20h

Local: Teatro Zulmira Canavarros (anexo à ALMT)

Ingresso solidário: 2 kg de alimento não perecível – troca diretamente na portaria, antes do espetáculo

 

Com assessoria

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp