Operação conjunta apreende mais de uma tonelada de produtos suínos irregulares em Ribeirão Preto

Picture of Mapa

Mapa

Operação conjunta apreende mais de uma tonelada de produtos suínos irregulares em Ribeirão Preto

A ação foi realizada após denúncia e investigação de local com criação de suínos irregular, abate clandestino e fornecimento do produto em restaurante do município

Compartilhe:

Cerca de 1.300 quilos de produtos suínos sem comprovação de origem, sem rótulo, sem identificação de inspeção e sem nota fiscal foram apreendidos nessa terça-feira (5) durante operação conjunta do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Polícia Federal, Vigilância Sanitária de Ribeirão Preto e Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

A ação foi realizada após denúncia e investigação de local com criação de suínos irregular – sem cadastro na defesa estadual -, abate clandestino e fornecimento do produto em restaurante no município de Ribeirão Preto.

Na propriedade não cadastrada, foi encontrada uma criação com cerca de 100 suínos não registrados e sem procedência confirmada. Também foram encontrados equipamentos rústicos para realizar o abate dos animais, equipamentos precários para escaldagem e câmara fria para armazenamento.

Os animais abatidos no local eram destinados para o restaurante do mesmo proprietário. Na ocasião, o Mapa interditou e autuou o local de abate clandestino, a defesa agropecuária estadual emitiu termo de fiscalização e autuou o responsável, contabilizando multa a cada animal irregular, e a vigilância sanitária realizou a apreensão dos produtos e autuou o restaurante.

Os produtos apreendidos serão descartados de forma correta e o estabelecimento responderá a processo administrativo sobre desvios relacionados à estrutura e higiene do local.

Participaram da operação auditores fiscais federais agropecuários e agentes de inspeção sanitária de produtos de origem animal, do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal e do Serviço de Fiscalização e Coerção ao Trânsito e Comércio Irregular, veterinários da vigilância sanitária de Ribeirão Preto, fiscais estaduais de defesa agropecuária e policiais federais.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também