Obras do cacerense Natalino Ferreira Mendes será disponibilizada em site

O projeto visa a difusão do legado histórico-cultural, registro histórico da vida e obra do escritor em diferentes plataformas midiáticas

O professor Natalino Ferreira Mendes - Foto por: Arquivo Pessoal

O projeto “Natalino Ferreira Mendes: um mestre da cultura mato-grossense” contemplado no Edital Conexão Mestres da Cultura – Marília Beatriz de Figueiredo Leite, está voltado para a seleção dos inéditos, a pesquisa e o registro histórico da vida e obra do escritor, em diferentes plataformas midiáticas. Os arquivos históricos estarão disponíveis em um documentário e site que, juntos contarão a história do professor Natalino, cuja trajetória pessoal e profissional, é parte da história cultural de Cáceres.

Além do documentário, parte de sua obra publicada e já esgotada está sendo digitalizada e ficará à disposição do público no site. A previsão é que o documentário e o site sejam lançados em junho deste ano. Também está em edição uma obra inédita, em dois volumes, intitulada “Fragmentos da história cultural de Cáceres (e outros fios da memória)”. O lançamento dos livros será de forma remota, de 20 de abril a 10 de junho, em instituições, grupos e núcleos de pesquisa das Universidades e escolas púbicas e particulares de Cáceres.

Esse trabalho visa a difusão do seu legado histórico-cultural e, a médio prazo, irá impulsionar as atividades dos eventos de comemoração do Centenário de seu nascimento, em 2024, organizado pelo Instituto Histórico e Geográfico Cáceres (IHGC) com apoio da família.

Pioneiro ao tratar de obras sobre a história da fundação e da administração política de Cáceres, ele escreveu a cidade em prosa e em verso, além de possuir uma folha de serviços prestados à educação, ao poder público e à comunidade. O conjunto de sua obra constrói um panorama histórico e sociocultural de significativo valor documental e memorialístico, colocando Cáceres no macrossistema de representação nacional e internacional.

O mestre homenageado

Natalino Ferreira Mendes nasceu em Cáceres, no dia 3 de janeiro de 1924 e faleceu em 23 de dezembro de 2011, aos 87 anos, na sua cidade natal. Desempenhou diversas funções ao longo de sua carreira profissional. Foi diretor e professor do Instituto 11 de Março e do Colégio Estadual Onze de Março. Também foi Secretário de Administração, de Desenvolvimento Social e Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Cáceres.

O professor Natalino também foi membro da Academia Mato-Grossense de Letras, onde ocupou a cadeira 15, a qual é atualmente ocupada pela sua filha Olga Maria Castrillon-Mendes. Além disso, também foi membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, e presidente de honra do Instituto Histórico e Geográfico Cáceres (IHGC).

Obras esgotadas e digitalizadas

Algumas das obras de Natalino estão sendo digitalizadas e serão disponibilizadas no site http://www.natalinoferreiramendes.com.br/ que está em fase de finalização. Leitores e pesquisadores terão acesso às seguintes obras: História de Cáceres – História da Administração Municipal (1ª e 2ª edições); Efemérides Cacerenses (volumes 1 e 2); História de Cáceres (Tomo II) – Origem, Evolução, Presença da Força Armada; Memória Cacerense; Anhuma do Pantanal; e Pássaro Vim-vim.

Obras digitalizadas que estarão disponíveis no site do autor – Foto: Arquivo Pessoal

Participam deste projeto, escritores, professores e representantes institucionais: Eduardo Mahon (Escritor e PPGEL/UNEMAT), Edson Flávio Santos (PMC/Núcleo Wlademir Dias-Pino/PPGEL/UNEMAT), Linnet Mendes Dantas (FAPAN/UNEMAT/IHGC), Paulo S. Fanaia Teixeira (IHGC), Maria do Socorro S. Araújo (ProfHistória/UNEMAT/IHGC), Neuza Zattar (IHGC), Maria Elisabete N. de Oliveira e Jocineide C. M. de Sousa (CEFAPRO), Acybe de Souza Coutinho (Escola “Natalino Ferreira Mendes”) e Maria do Carmo Silva (Escola Municipal/PNE).