Obama faz primeira visita oficial ao Quênia, terra natal do seu pai

justiça condena 21 por trágico choque de trem na argentina

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou nesta sexta-feira (24) no Quênia, em sua primeira visita ao país de seu pais desde que foi eleito.

Um cliente olha camisas com a imagem do presidente dos EUA Barack Obama em uma barraca nas favelas de Kibera em Nairobi, capital do Quênia, na quinta-feira (23) (Foto: Noor Khamis/Reuters)

O avião oficial Air Force One tocou em terra no aeroporto internacional de Nairóbi, dando início a uma visita em que assistirá a uma cúpula de negócios e manterá discussões sobre comércio.

O presidente americano Barack Obama conversará com seu colega Uhuru Kenyatta sobre temas econômicos, luta contra o terrorismo, democracia e respeito aos direitos humanos.
Alguns dos familiares de Obama ainda vivem no Quênia.

Um segurança passa por um muro com um grafite do presidente dos EUA Barack Obama no centro de Nairobi, capital do Quênia, na sexta-feira (17) (Foto: Thomas Mukoya/Reuters)

Hussein Onyango Obama, o avô do presidente, nasceu em Kendu Bay, no oeste do Quênia, em 1895. Converteu-se ao Islã, passou a se chamar Hussein e trabalhou como mensageiro no exército britânico colonial na Primeira Guerra Mundial e como cozinheiro de um oficial britânico durante a Segunda.

Seu filho, o pai do presidente americano, também chamado de Barack Obama, nasceu em 1936, fruto do segundo matrimônio de Hussein, com Akumu. Hussein se casou com uma terceira esposa, Sarah Onyango Obama, atualmente a matriarca da família e a quem o presidente chama de avó, apesar de não ter laços de sangue.

Quando era jovem, e o Quênia lutava por sua independência, Obama pai conseguiu uma bolsa para estudar no Havaí, onde conheceu e se casou pela segunda vez com a mãe do futuro presidente americano, Ann Dunham.
O casamento não durou e eles se separaram após o nascimento do filho, com quem esteve apenas uma vez, quando ele tinha 10 anos, no Havaí.

Ao retornar ao Quênia, Barack pai teve outros dois filhos com outra americana, Ruth Baker, de quem também se divorciou. Meses antes de sua morte, em um acidente de trânsito em 1982 em Nairóbi, a capital do Quênia, teve mais um filho, George, com sua quarta esposa, Jael Otieno.

Rosa Anyango volta do mercado com uma sacola com a bandeira dos EUA e posa diante da escola Senador Barack Obama no Quênia (Foto: Thomas Mukoya/Reuters)