Números da Covid mostra superlotação do sistema de UTIs de Rondonópolis

Foto por: Christiano Antonucci/Secom-MT

O sistema de UTIs de Rondonópolis continua sob pressão.

O último relatório publicado no final da tarde desta segunda-feira (28) mostra de forma clara que há superlotação. Pelos números são 33 UTIs para atender a uma demanda de 49 pacientes, gerando uma lista de espera de 16 pacientes, que na verdade são atendidos em leitos comuns de UTIs e não nos específicos para a Covid.

O sistema público, por exemplo, tem 12 leitos para uma demanda de 17 pacientes e o privado conta com 21 leitos para atender 32 pacientes.

A cidade de Rondonópolis registrou nas últimas 24 horas 103 novos casos de Covid-19 e uma morte provocada pela doença.

Os registros mostram que o total de casos subiu de 9109 para 9212 em 24 horas e o volume de mortes saiu de 277 para 278.

O levantamento feito pela secretaria de Saúde ainda mostra que há 336 casos ativos na cidade, sendo que 268 pessoas estão se tratando em casa (casos leves) e 68 em hospitais (casos mais graves).