Novo partido de Bolsonaro vai seguir o perfil da antiga Arena

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da república Jair Bolsonaro realmente vai deixar o PSL e já tem um novo partido para militar. A sigla criada pelo seu grupo será batizada como Aliança Brasil e trata-se de uma referência à antiga Aliança Nacional Renovadora (Arena), que era o partido que deu estrutura política aos governos militares na década de 70 e rivalizava contra o MDB, que na época era oposição ao regime.

A saída do PSL, de acordo com o jornal paulista O Estado de São Paulo é resultado de uma crise interna no partido que disputou a presidência. Bolsonaro rachou o presidente nacional do PSL, Antônio Bivar.O novo partido será o nono em sua carreira política.

A nova sigla prega:  “uma nova e verdadeira atitude de aliados que almejam livrar o País dos larápios, dos espertos, dos demagogos e dos traidores que enganam os pobres e os ignorantes que eles mesmos mantêm, para se fartar”.

Dos 53 deputados do PSL, 27 pretendem acompanhar Bolsonaro na nova sigla. “A porta da rua é serventia da casa. Mas o mandato é do partido”, disse a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

Leia mais sobre o assunto:

“Desafio a TV Globo me dar um espaço de 15 minutos ao vivo no JN”, diz Jair Bolsonaro