Nove dias depois de cassação, novo prefeito de cidade de MT toma posse

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

Nove dias após a cassação do prefeito Valdir Ribeiro (PT) por parte dos vereadores, Santo Antônio do Leverger, a 35 km de Cuiabá, tem um novo gestor. Valdir Castro Filho (PROS) tomou posse como na tarde desta quarta-feira (7). A cerimônia foi realizada na Câmara de Vereadores. O município estava sem prefeito desde o dia 28 de setembro.

Em entrevista ao G1, Valdir Castro afirma que vai priorizar setores emergenciais do município nesse início de mandato.

"Estamos com o transporte escolar parado, o hospital está com demanda alta também de alimentação dos servidores e combustível para ambulâncias. Também queremos dar prioridade ao pagamento dos funcionários da prefeitura, tanto os comissionados quanto os contratados", disse o novo prefeito.

Os vereadores alegam que o cargo de chefe do Poder Executivo municipal ficou mais de uma semana vago porque Valdir Ribeiro não foi encontrado para ser notificado da cassação. Essa foi inclusive o entendimento da assessoria jurídica do novo prefeito. "Ele teria que ter tido ciência da notificação antes que eu pudesse tomar posse", declarou Castro.

Já Ribeiro diz que esteve o tempo todo à disposição e que sequer precisaria da notificação para que vice tomasse posse, já que a perda do cargo foi publicada no Diário Oficial de Contas.

Ribeiro, que estava no primeiro mandato, foi cassado porque não prestou informações sobre as atividades à frente do município desde 2014. Ele se defende e diz que não teve tempo hábil – já que o prazo dado foi de 10 dias – para responder os 125 requerimentos da Câmara, mas que os dados estavam disponíveis para consulta.

Ribeiro entrou com pedido liminar na Justiça em Santo Antônio do Leverger para retomar o cargo, mas ainda não há decisão sobre o caso.