Musa assume bioplastia para engrossar pernas “Não me impede de ser fit”

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Foto: Divulgação @adeiacavalheiro/Instagram

Musa assume bioplastia para engrossar pernas “Não me impede de ser fit”

Deia Cavalheiro optou pelo procedimento por pressão estética "Sofria bullying por causa das minhas pernas finas"

Compartilhe:

A musa fitness Déia Cavalheiro, que chama a atenção nas redes sociais mostrando sua rotina de treinos e transformação do corpo, surpreendeu seus seguidores ao falar pela primeira vez que suas pernas grossas não foram conquistadas apenas com exercícios físicos, mas sim, com aplicação de PMMA, também conhecido como bioplastia. “Mesmo sendo musa fitness, decidi revelar que segui por esse caminho e fazer minha bioplastia. Não me impede de ser fit, mas falta mais verdade no meio fitness”, falou.

Foto: Divulgação @adeiacavalheiro/Instagram

Déia falou que sempre teve um corpo muito magro e que sofria bullying por causa disso. “Eu decidi fazer a bioplastia assim que eu soube que ela existia. Eu sofria muito bullying por ser magra, precisava de um jeito mais rápido pra acabar com isso”, disse. “Fiz primeiro a bioplastia nos glúteos, e depois fiz nas coxas, e nos anos seguintes fiz mais algumas vezes em ambas partes. Hoje me sinto muito melhor com o meu corpo mais definido”.

Foto: Divulgação @adeiacavalheiro/Instagram

A musa disse que sempre foi muito insegura com o corpo por causa da magreza. “Fazer esse procedimento aumentou minha autoestima. Agora sou uma mulher bem resolvida, mas antes eu sofria muito com minha aparência, eu não tinha bunda, peito, perna, nada”.

Foto: Divulgação @adeiacavalheiro/Instagram

“Recebi muitas críticas por causa do procedimento, mas como fui muito magra, só fazer exercícios não adiantava. Eu fiquei 8 anos tentando engrossar as pernas naturalmente e não consegui”. “Não tenho mais vergonha de falar sobre isso. E ninguém percebe que eu fiz, a não ser que eu fale, ficou muito natural. Acho importante ressaltar que não incentivo ninguém a fazer, pois esse procedimento tem seus riscos se não utilizar o produto correto, e ser feito por um médico especializado na área”.

Foto: Divulgação @adeiacavalheiro/Instagram

Deia ainda deu dicas para escolher um bom profissional. “Se houver a necessidade, fale com alguém que já fez  e se informe muito sobre o profissional e produto que ele utiliza”, alertou. É um procedimento caro, não caia em armadilhas”.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp