Mulher é presa suspeita de matar marido a facadas depois de ser espancada e ter o braço quebrado em MT

Baleado em roubo por investigador e preso pela PM suspeito é reconhecido em mais dois assaltos
PMMT

Uma mulher foi presa nessa quinta-feira (25) suspeita de ter matado o marido dela a facadas em Nova Santa Helena, 622 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, ela teria agido em legítima defesa já que o relacionamento tem histórico de violência doméstica.

Maria das Dores Miranda, de 44 anos, foi presa suspeita de matar o marido, Tiago Jesus da Silva, de 22 anos. Ela teve o quebraço quebrado supostamente por ele depois de diversas agressões.

O crime ocorreu na noite de quinta-feira em um bar no Centro de Nova Santa Helena.

Os policiais foram até a casa de Maria das Dores e a prenderam. Ao ser questionada sobre os motivos do crime, ela relatou que Tiago havia quebrado as coisas da casa dela e esparramado pelo chão.

Ela também declarou que vinha sofrendo agressões constantemente.

Maria das Dores confessou que foi até um bar, onde o marido estava, e o esfaqueou no abdômen. Depois disso, jogou a faca em um rio.

“Era um caso de violência doméstica, ela estava até com o braço quebrado. Ele a espancava e parece ser legítima defesa. A investigação está seguindo”, disse o delegado Sérgio Ribeiro ao G1.
Tiago foi socorrido com vida para o Hospital Regional de Colíder, a 648 km de Cuiabá. Ele não resistiu e morreu na unidade de saúde. Maria das Dores foi levada à delegacia da Polícia Civil em Itaúba, a 599 km de Cuiabá.