Mulher é condenada por cortar os testículos do amante durante jogo sexual

Reprodução/Instagram

A argentina Brenda Micaela Barattini, de 28 anos, foi condenada nesta quarta-feira (25) a 13 anos de prisão por cortar os testículos e parte do pênis do amante, o músico Sergio Fernandez, de 42 anos. Ela confessou o crime e além da pena ainda vai ter que pagar uma indenização de cerca de US$ 493 mil à vítima.

Brenda foi condenada por unanimidade no júri popular. O caso aconteceu em novembro de 2017. A mulher fez um jogo sexual com o músico para cometer o crime.

O homem estava vendado no momento em que a amante começou a fazer sexo oral nele, em um determinado momento, ela utilizou uma tesoura de jardim para arrancar parte do pênis e os testículos dele.

Sérgio chegou a ficar oito dias em coma e alegou que sofre com ataques de pânico pois tem medo de ser atacado por outras mulheres durante o ato sexual.

A argentina disse que cometeu o crime por vingança contra Sérgio. Ela disse que ele compartilhou com amigos, fotos e vídeos de momentos íntimos com ela. “Ele me transformou em um objeto sexual. Violou a minha privacidade e destruiu a minha carreira. Fiquei arruinada”, disse Brenda.

A defesa esperava uma pena mais branda, entre 3 e 10 anos. Do lado de fora do tribunal, manifestantes protestaram a favor de Brenda e contra o promotor do caso.

“Eu ferrei minha vida. Nunca na minha vida eu queria matar alguém. Não era minha intenção e peço que seja feita justiça. Sinto muito pelo que fiz. Eu quero continuar com minha vida normal. Eu sinto muito. Eu nunca iria querer matar alguém “, disse ela no encerramento do julgamento.