Motociclista faz “vrau”, tenta fugir da PM e acaba batendo em carro

Picture of Lucas Perrone

Lucas Perrone

Motociclista faz “vrau”, tenta fugir da PM e acaba batendo em carro

Compartilhe:

Na madrugada deste sábado, por volta das 02h40, uma viatura do 5° Batalhão da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, pertencente ao 4° Comando Regional, realizou a prisão de um motociclista por direção perigosa, corrupção de menor, promoção de organização criminosa e falta de habilitação para dirigir. A ocorrência começou no bairro Jardim Mato Grosso, especificamente na Avenida Lions Internacional.

Durante o patrulhamento, a equipe policial se deparou com um grupo de motociclistas conhecidos como “Equipe Bololo”. Todos os integrantes do grupo vestiam uniformes característicos e trafegavam em alta velocidade, executando manobras arriscadas, equilibrando-se em apenas uma das rodas, cortando o giro do motor e circulando sobre calçadas. As ações dos motociclistas colocavam em risco a vida de motoristas, pedestres e dos próprios policiais.

Ao constatar o perigo iminente, a viatura iniciou um acompanhamento tático, utilizando sinais luminosos e sonoros para ordenar a parada do grupo. Um dos motociclistas, identificado como J., conduzia uma motocicleta CG 125 Titan de cor prata, com um adolescente menor de idade na garupa. Ignorando as ordens de parada, J. empreendeu fuga, adentrando na contramão e sobre calçadas.

Nas proximidades da casa noturna “50tão Show Bar”, já no centro da cidade, J., que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH), colidiu com um veículo Gol branco estacionado. Após a queda, J. tentou fugir a pé, mas foi contido pela guarnição policial, sendo necessário o uso de algemas. Ambos os suspeitos apresentavam pequenas escoriações no pé esquerdo e queimaduras na coxa direita, possivelmente causadas pelo escapamento da motocicleta durante a queda.

Os suspeitos foram detidos e encaminhados à 1ª Delegacia de Polícia (DELPOL). A motocicleta CG 125 Titan, que se encontrava irregular, foi removida ao pátio da 2ª Ciretran conforme auto de número 00093452. Não constam passagens criminais anteriores para os envolvidos.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp