Moradora flagra sapo dando ‘carona’ para filhote de pato que caiu em piscina após se perder da mãe em Juscimeira

G1 MT

G1 MT

Cena foi registrada nessa segunda-feira (11), em Juscimeira — Foto: Leonilda do Nascimento Gasparini

Moradora flagra sapo dando ‘carona’ para filhote de pato que caiu em piscina após se perder da mãe em Juscimeira

O vídeo foi gravado por uma moradora do município de Juscimeira. Tudo se resolveu quando a mãe retornou para buscá-lo no fim da tarde.

🦆 Uma inusitada parceria entre um anfíbio e uma ave surpreendeu os moradores de um rancho em Juscimeira, a 160 km de Cuiabá. Um sapo apareceu dando ‘carona’ para um filhote de pato, que caiu na água após se perder da mãe, enquanto nadava na piscina da propriedade, nessa segunda-feira (11). Veja o vídeo.

No vídeo gravado pela aposentada Leonilda do Nascimento Gasparini, de 73 anos, é possível ver o patinho bem relaxado e tranquilo enquanto é ‘transportado’ pelo sapo. Ao g1, Leonilda informou que foi a primeira vez que viu um sapo e um pato tão próximos. 

“Moro em uma região de mata, então é comum a aparição desses animais, mas nunca tinha visto uma situação dessa em toda a minha vida, nem acreditei quando vi”, contou.

🌅 Segundo a moradora, o filhote estava na piscina porque havia se perdido da mãe, mas tudo se resolveu quando a mãe pata retornou para buscá-lo no fim da tarde.

De acordo com a bióloga Josilene Pires Ferreira Carlos, por mais que o sapo parecia querer sair da piscina, os anfíbios são capazes de trocar gases com a água em que estão submersos, o que os permite ficar na água sem afogar.

“Não é comum observar esse comportamento em ambos animais, porém eles podem viver em harmonia na natureza. O sapo tem o que chamamos de defesa passiva, ele não ataca e não reage quando é atacado”, explicou.

🐸Em entrevista ao g1, o especialista em animais venenosos e peçonhentos, Luiz Eduardo Saragiotto, contou que o sapo, da espécie Bufo bufo, é um animal venenoso, mas que não consegue injetar a sustância em outros bichos.

“A sua glândula de veneno fica próximo dos olhos. Ele só envenena outro animal se o seu predador morder em cima da glândula de veneno, ou seja, esse patinho não corre risco de ser envenenado enquanto está de carona”, relatou.

+ Acessados

Veja Também