Modelo da Playboy morreu devido a procedimento quiroprático, diz legista

ministério da saúde convoca o cidadão para que no novo ano o combate ao mosquito faça parte da rotina

A modelo da Playboy Katie May, que tinha milhares de seguidores nas redes sociais e era conhecida como "Rainha do Snapchat", morreu devido a um procedimento quiroprático que fez no pescoço, de acordo com Ed Winter, médico legista do condado de Los Angeles.

No início de fevereiro, poucos dias antes de May completar 34 anos, ela postou no Twitter que estava com um nervo comprimido no pescoço e que seria atendida por um quiroprático. Após análise Winter disse que a "manipulação do pescoço por um quiroprático" foi a causa da lesão que levou May a um acidente vascular cerebral fatal. Uma artéria se rompeu e parou de levar sangue ao cérebro.

A quiropraxia é uma técnica que identifica e corrige disfunções articulares. Ela é usada no tratamento e na prevenção de uma série de males, como dores na coluna. O tratamento é feito por exercícios com uso das mãos, o que ajuda ao retorno das funções normais e diminui as chances de uma nova lesão.

"A quiropraxia é muito segura. Faço em meus filhos pequenos, na minha mãe, que tem quase 90 anos de idade. E em meus pacientes", disse em entrevista à CBS, Jeffrey Benton, da Associação Quiroprática da Califórnia. Segundo ele, complicações decorrentes do procedimento são “extremamente raras”.