Ministro Blairo Maggi garante qualidade da carne brasileira em entrevista ao Programa do Ratinho

29 diretórios estaduais ainda não prestaram contas ao tre; prazo termina terça-feira

Em entrevista ao quadro `Dois dedos de prosa´, do programa do Ratinho, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, respondeu questões relacionadas a carne brasileira e garantiu a qualidade desse produto. O programa foi realizado na noite de quarta-feira (12), no SBT.

Logo no início da entrevista, o entrevistador perguntou ao ministro se o consumidor pode confiar na carne brasileira. Blairo foi incisivo ao dizer que sim, pois o Serviço de Inspeção Federal – SIF, é ótimo, robusto, reconhecido e respeitado pela comunidade mundial. Segundo Maggi, o produto quando chega no exterior ainda recebe outra inspeção, o que garante ainda mais a qualidade da carne.

“O nosso sistema é muito rigoroso, tanto é que nem todo frigorífico o possuí. Nós podemos garantir a qualidade de nosso produto. Onde há sistema de fiscalização, de inspeção não tem problema. Do frigorífico até chegar a mesa de consumidor não é mais responsabilidade do Ministério da Agricultura e sim dos órgãos municipais de saúde dos municípios. Quem observar que a carne está com mal cheiro ou outro tipo de problema, deve denuncia para o Procon ou no nosso 0800”, explicou.

Sobre as investigações da Polícia Federal, Blairo deixou claro que é a favor, mas que aconteceu um erro no momento da comunicação. De acordo com o ministro, estão sendo investigados desvios de condutas de funcionários, corrupção e não a qualidade dos produtos brasileiros.

https://www.youtube.com/watch?v=q1D1F2chSeM

Serviço de Inspeção Federal – SIF

O Serviço de Inspeção Federal, conhecido mundialmente pela sigla S.I.F. e vinculado ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal – DIPOA, é o responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal comestíveis e não comestíveis destinados ao mercado interno e externo, bem como de produtos importados. Atualmente, o SIF tem atuação em mais de 5 mil estabelecimentos brasileiros, todos sob a supervisão do DIPOA.