Ministra promete apoio a produtores que sofreram prejuízo com cheias

Chuvas na fronteira oeste do RS afetaram principalmente a produção de arroz

Ministra promete apoio a produtores que sofreram prejuízo com cheias
Mapa/Divulgação Ministra Tereza Cristina conversou liderança de sindicatos rurais, parlamentares e prefeitos da região

Depois de sobrevoar a região de Uruguaiana (RS), alagada pelas cheias dos rios, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) ouviu relatos sobre as perdas causadas pelas chuvas, que afetou, principalmente, a produção de arroz na região.

A ministra disse a produtores e autoridades locais, como prefeitos da região, que podem contar com a máxima boa vontade do Mapa para encontrar solução para os problemas causados na agricultura.

Em reunião no Sindicatos dos Produtores Rurais de Uruguaiana, foi informada que 750 mil toneladas de arroz perdidas.

O senador eleito Luis Carlos Heinze (PP/RS) foi porta voz das reivindicações dos produtores, que pedem renegociação de dívidas, revisão de cláusulas com o Mercosul, além de recuperação do preço mínimo do arroz e de impostos que recaem sobre o produto.

“Trinta por cento do saco de arroz é para pagar imposto”, disse Heinze. O prejuízo desse segmentos nos dois últimos anos é de R$ 3,6 bilhões, segundo ele.

A ministra estava acompanha do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Federal, Alceu Moreira, do deputado Federal, Osmar Serraglio (PP/RS) e do secretário de Política Agrícola do Mapa, Eduardo Sampaio, além do vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil, Ivandré Montiel da Silva.