“Minha avó é índia” declara Playmate sobre sentir-se bem com a nudez em sua terceira capa de Playboy

Davi Borges/CO Assessoria

Nas diversas histórias de modelos posando nuas para capas de revistas masculinas, muitas delas contam que dependem de vários artifícios para fazê-las ficarem mais à vontade durante os cliques sem roupas, como muitas taças de vinho e champanhe para se sentir bem em torno de uma equipe de fotografia.

Mas isso não vem ao caso para a Playmate brasileira Poliana Paula, que tem sangue indígena assim como a sua avó.

“Poso nua porque um dos costumes indígenas é o nu, ficamos mais à vontade com a natureza, do jeito que chegamos ao mundo, isso não é surpresa para ninguém”, fala Poliana.

A modelo já posou para três revista masculinas, tanto nacional como internacional, e já prepara para lançar sua terceira capa para a Playboy, agora para a edição espanhola.

“Quem nunca viu um índio ou índia nu?”, brinca. Poliana comenta ter muito orgulho da sua miscigenação, que também conta com sangue português, italiano, além do brasileiro. “É algo especial que eu tenho, que revelo com muito orgulho”. A modelo já posou para Diamond Brazil, Playboy Itália, Playboy Portugal, e ainda no primeiro semestre de 2019 lançará sua Playboy Espanha.