Militares israelenses encontram lançadores de foguetes em mesquita na Faixa de Gaza

Picture of R7

R7

Militares israelenses estão focados em destruir a capacidade de ataque do Hamas - Reprodução/FDI

Militares israelenses encontram lançadores de foguetes em mesquita na Faixa de Gaza

O Exército acusa o Hamas de utilizar instalações protegidas pelo direito internacional para guardar armamentos e realizar ataques

Compartilhe:

As ações terrestres do Exército israelense na Faixa de Gaza estão revelando detalhes da atuação do grupo terrorista Hamas. Nesta segunda-feira (6), foi divulgada uma imagem de lançadores de foguetes que, segundo os militares, estariam em uma mesquita.

Israel tem bombardeado locais que, de acordo com o direito internacional, não poderiam ser atacados, o que inclui instalações religiosas. Em resposta, os oficiais dizem que o grupo terrorista usa mesquitas, escolas e hospitais para suas atividades criminosas.

Neste domingo (5), soldados encontraram lançadores de foguetes do Hamas próximos a uma piscina e a um parquinho, no norte da Faixa de Gaza, informaram as FDI (Forças de Defesa de Israel).

O porta-voz das FDI, Daniel Hagari, apresentou um vídeo neste fim de semana que mostra uma entrada subterrânea do hospital Sheikh Hamad, em Gaza, que estaria ligado aos túneis utilizados pelo grupo terrorista.

Em outro vídeo, seria possível ver terroristas do Hamas armados, abrindo fogo contra as forças israelenses nas instalações médicas.

“Se não bastasse termos exposto um túnel sob o hospital, os terroristas também atiraram contra nossos soldados de dentro do hospital”, disse Hagari.

Imagens de satélite coletadas pelas forças israelenses também mostram um ponto de lançamento de foguetes próximo a uma instalação das Nações Unidas. 

O comboio de ambulâncias bombardeado por Israel também estaria sendo utilizado por terroristas, segundo o Exército. Mas essa versão é contestada pelos palestinos e por organizações humanitárias que atuam no território.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp