Menino insere 20 bolas magnéticas no próprio pênis e esconde dos pais

Garoto começou a sentir dores abdominais e foi ao médico

Foto: Divulgação/Hospital Infantil Donggua

Um garoto de 11 anos sofreu dores por uma semana depois de colocar 20 bolas magnéticas no pênis e não contou aos pais. O caso aconteceu em Dongguan, no sul da China e o menino precisou passar por uma cirurgia para remover os objetos, que fazem parte de um brinquedo.

De acordo com o jornal britânico Mirror, a criança estava com sangue na urina e diversos outros sintomas, incluindo dores abdominais. Ele foi levado para o hospital, onde os imãs foram descobertos.

De acordo com Li Honghui, urologista chefe do Hospital Infantil Dongguan. O menino passou por uma cistoscopia (uma endoscopia da bexiga) durante a qual os ímãs, agora enferrujados, foram localizados no órgão dele.

“Mas como não conseguimos remover uma série de 20 esferas através de uma cistoscopia, optamos por uma cirurgia minimamente invasiva”, explicou o médico

A série de brinquedos magnéticos foi removida com sucesso em uma operação no mesmo dia, de acordo com relatórios do hospital. “Em termos de inserção de objetos na uretra, encontramos o fenômeno em meninos de duas faixas etárias – cinco a seis e 10 a 13 anos”, completou Li.

O médico ainda disse que as crianças podem ter muito medo de contar aos membros da família, por isso os pais foram aconselhados a procurar atendimento médico para os filhos se perceberem sintomas como micção frequente, dor durante a micção ou sangue na urina.