Médicos que atuam em áreas vulneráveis poderão renovar contrato

Governo regulamenta concessão de residência a médicos cubanos
Karina Zambrana/Ministério da Saúde

Médicos que atuam em áreas vulneráveis poderão renovar contrato

O Ministério da Saúde vai permitir a renovação de contratos de profissionais do 9º e 10º ciclos do programa Mais Médicos que atuam em municípios de maior vulnerabilidade e nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs).

O fim das atividades estava previsto para o final deste mês. O edital de renovação contratual foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (27).

O edital abre a possibilidade de renovação de 352 vagas dos 699 médicos participantes dos dois ciclos envolvidos. Os outros 347 médicos atuam em 181 municípios, localizados principalmente em capitais e regiões metropolitanas.

Aqueles que não estão aptos à renovação poderão participar das próximas etapas do programa, que, no momento, está sendo reformulado. Atualmente, um grupo de trabalho estuda um novo modelo de apoio aos municípios para manter as equipes de Saúde da Família completas, de forma a estimular a qualidade e eficiência da atenção primária no País.

+ Acessados

Veja Também